Club de Marialva

Mostrando todas as publicações do Clube

Anunciado lema rotário: “O Rotary conecta o Mundo”

Foi anunciado pelo Presidente Eleito do Rotary International, Mark Daniel Maloney, na abertura da Assembleia Internacional, que acontece na cidade de San Diego, Califórnia, EUA, durante toda a semana, o lema rotário que será utilizado na gestão 2019-18, que começa em Julho deste ano, até Junho do ano que vem. “O Rotary conecta o Mundo”, foi o lema escolhido. “A primeira ênfase é no crescimento do Rotary – aumentando nossa prestação de serviço; aumentando o impacto dos nossos projetos e, acima de tudo, aumentando o número de associados para que possamos ir ainda mais longe”, disse o futuro líder mundial, que defende a necessidade das conexões como sendo essenciais na experiência rotária. “O Rotary facilita a conexão entre nós, de maneira forte e significativa”, disse ele. “Ele nos conecta com pessoas que de outra forma jamais conheceríamos”, explicou ao enfatizar: “A organização nos conecta com nossa comunidade, com oportunidades profissionais, e com populações que precisam da nossa assistência”, falou.De acordo com o policial militar, Marcos Antônio Carchedi, associado ao Rotary Club de Marília-Tradição, pelo Distrito 4510 do Rotary International, Governador Eleito para a próxima gestão rotária na região centro-oeste do interior paulista, Mark Daniel Maloney pediu aos futuros líderes mundiais presentes na assembleia internacional, que ofereçam experiências alternativas e oportunidade de voluntariado que contribuam para que profissionais e pessoas muito ocupadas assumam cargos de liderança. “Ele disse que precisamos promover uma cultura de complementação da vida familiar e da vida rotária”, disse o brasileiro presente no evento que acontece nos Estados Unidos. “Para tanto, temos que dar passos práticos e eficazes para mudar a cultura atual, sendo realistas quanto as nossas expectativas, levando em conta os compromissos pessoais e receber os familiares de rotarianos nas nossas atividades”, comentou Marcos Antônio Carchedi.Em 1911 o slogan “Mais se beneficia, quem melhor serve”, foi lançado oficialmente, durante a convenção realizada nos Estados Unidos. Ele foi adaptado de um discurso que o rotariano Arthur Frederick Sheldon fez na primeira convenção, que tinha acontecido em Chicago, EUA, no ano anterior. Sheldon declarou que: “somente a conduta exemplar em relação ao semelhante gera benefícios”, reforçou. “Se os nossos negócios dependem dos serviços que prestamos ao próximo, então, “mais de beneficia quem melhor serve”, é uma constatação”, disse o rotariano ao lembrar do outro lema rotário inicial: “Dar de si, antes de pensar em si”, cujos os dois lemas iniciaram a série de anualmente haver um lema motivacional. “Esse dois lemas foram aprovados em 1950 como sendo oficiais de nossa organização”, lembrou Marcos Antônio Carchedi, ao acrescentar que o Conselho de Legislação do Rotary, em 1999, estipulou como lema principal da organização mundial, sendo o “Dar de si, antes de pensar em si”, expressando a filosofia do serviço altruísta dos rotarianos. #Eficaz Comunicação Empresarial Ltda – METelefone:(14) 98137.7189 (Vivo) E-mails: redacao@eficaz.jor.br ou atendimento@eficaz.jor.brSite: www.eficaz.jor.br - Twitter: marciocmedeirosLinkedin: https://www.linkedin.com/in/márcio-c-medeiros-69097820/www.facebook.com/EficazComunicacaoEmpresarialSkype: marciomedeiros8020Instagram: marcio.c.medeiros

Postado em 15 de Janeiro de 2019

Goverador Carlos Naves recebe Reconhecimento da Assembleia Legislativa do Paraná

Votos de Louvor e Congratulações com Menção Honrosa recebidas pelo nosso governador distrital Carlos Roberto Naves de Souza e sua esposa Ana Marcia, da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, por iniciativa do deputado estadual Marcio Nunes. Distrito 4630 sendo reconhecido pelos projetos e trabalhos realizados.  

Postado em 08 de Janeiro de 2019

Real Metais reforça Responsabilidade Social tornando-se Empresa Cidadã

A Real Metais é parceira do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí desde novembro no Programa Empresa Cidadã. Responsável pela área de Recursos Humanos da empresa, Kelly Varela Pettenuci Torres, afirma que o apoio vem a somar com as diversas iniciativas já praticadas pela indústria em Responsabilidade Social.  “A nossa empresa tem em sua missão e visão beneficiar a nossa comunidade, as pessoas da região. Apoiamos diversas ações da igreja e de outras instituições, porque entendemos que as empresas devem fazer o seu papel social de ajudar ao próximo. Isso nos agrega positivamente e acredito que inspira outras empresas a fazerem o mesmo”, destaca Kelly, sócio proprietária da empresa ao lado do marido, Henrique Oda Torres, que exerce a função de diretor presidente. De acordo com Kelly, o investimento nos projetos do Rotary certamente não beneficiará apenas aqueles que precisam, mas inclusive a própria empresa, que ganhará maior relevância perante os consumidores. “Nosso incentivo é porque acreditamos em uma gestão mais consciente, que se envolva em questões sociais. O Rotary é bem visto em todo lugar, então nosso apoio atrelado aos trabalhos conduzidos por rotarianos nos dá a certeza de que todos ganhamos com essa parceria, além de que nossa credibilidade e relacionamento com fornecedores e clientes se torna mais fortalecida”, diz Kelly. A empresa está produzindo um gibi educativo para ser distribuído para todas as escolas de Loanda, para crianças de 06 a 14 anos. Cerca de 3 mil estudantes receberão o informativo que terá conteúdo sobre sustentabilidade, cuidados com a economia da água, quanto se economiza financeiramente com a redução do consumo deste bem natural. “Nosso objetivo é mostrar que a água tem um custo e que é necessário termos o devido cuidado para que ela nunca falte no planeta. Cada cuidado com sua utilização correta pode ajudar a reduzir os custos e esse valor poderia ser investido em outra coisa”, explica Kelly. No gibi será estampado a parceria com o Rotary no Programa Empresa Cidadã.   Capital da torneira -  A Real Metais fica em Loanda, considerada a capital da torneira no Brasil por ser um pólo de fabricantes de torneiras. Tem 180 colaboradores e trabalha com seis empresas terceirizadas, impactando cerca de 120 pessoas. Há 20 anos no mercado, vende para todo o Brasil, principalmente para Brasília, Minas Gerais e região Nordeste. Para conhecer um pouco mais sobre a empresa, acesse www.realmetais.com.br  Por Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Postado em 30 de Dezembro de 2018

Fundador da Marchezan Metais: “Parceria com Rotary é de grande valor”

Nailor Antônio Marchezan, 70 anos, é presidente e sócio fundador da Marchezan Metais, indústria também parceira do Rotary por meio do Programa Empresa Cidadã. O apoio se deu através do presidente do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, Emanuel Pedro Agostinho. “O Emanuel presta serviços na área de segurança do trabalho para nossa empresa e é engajado nessa causa de fazer o bem, buscando sempre apoiadores. A idoneidade do Rotary e a justa causa de promover o bem aos mais necessitados nos despertou em fazer parte do programa”, afirma Nailor. A Marchezan Metais se situa em Loanda, tem 15 anos de história e uma média de 100 colaboradores. As vendas estão pulverizadas em todo o Brasil. “Contamos com uma equipe de representantes que levam nossa marca até o lojista. Nosso ramo é o de Metais Sanitários, no qual se destacam produtos como torneiras, monocomandos, acessórios para banheiro, entre outros”, explica o presidente da empresa. Conforme Nailor, ele já conhecia um pouco do que o Rotary realiza. “É um trabalho humanizado, com a união de pessoas com a missão de realizar trabalhos voluntários, visando combater a pobreza, a fome, levando o saneamento básico aos que não têm, erradicação de doenças e várias outras causas nobres”, pontua. A Marchezan Metais também apoia outras organizações com a mesma finalidade e sobre a parceria com o Rotary ele destaca que possa transmitir aos clientes e comunidade uma imagem melhor do seu negócio. “Acredito que a união faz acontecer, o objetivo principal é a ajuda ao próximo, a imagem da empresa associada ao Rotary é de grande valor”, diz. Conheça mais sobre a empresa em www.marchezanmetais.com.br Santa Isabel do Ivaí rumo a superar a meta Emanuel Pedro Agostinho, presidente do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, afirma que o objetivo até o final do ano rotário é superar a meta dada pelo governador Carlos Naves em relação às Empresas Cidadãs. Segundo ele, que é comerciante, primeiramente colocou sua empresa como parceira do Rotary. “Tinha que dar o exemplo colocando a minha empresa no programa. Se ele é bom e funciona, como buscar parcerias se eu mesmo como empresário não tinha ainda feito a adesão? Então minha empresa tornou-se também Empresa Cidadã. Temos buscado empresas que já conhecemos. Fazemos a visita sempre em mais companheiros, priorizando aqueles que são mais próximos do contato da empresa ou do empresário”, explica Emanuel.  Por Larissa Nakao Comunicação Corporativa  

Postado em 20 de Dezembro de 2018

Mais um Projeto Global do 4630 encerrado com sucesso

Um projeto de Subsídio Global com atuação em escolas públicas de Chicago, nos Estados Unidos, a Joyce Kilmer Elementary School e a Theodore Roosevelt High School, acaba de ser finalizado, com resultados satisfatórios. Uma parceria do Distrito 4630 iniciada na gestão 2014-2015 pelo governador Francisco Scarpari Neto com o Distrito 6450, Distrito do fundador do Rotary International, Paul Harris, com o primeiro Rotary Club do mundo, o Rotary Club de Chicago. Escolas, principalmente as localizadas nas periferias ou em comunidades em regiões de vulnerabilidade por questões de etnias, por exemplo, vivenciaram por quase 20 anos um grau extremo de violência. É comum ainda nos Estados Unidos, os casos de ataques em escolas, tornando essas atrocidades como algo corriqueiro na vida dos alunos americanos. Formação de gangues, ausências nas aulas, uso de drogas e falta de perspectiva para o futuro, foram algumas das consequências da extrema violência, sem falar em situações de alunos com estresse pós traumático.  “Com a ajuda do procurador geral do Distrito e do Secretário de Educação de Chicago, foi iniciado em 2015-2016 o programa, que utilizou os seguintes recursos com os alunos: 1) Peace for School - Escola Pacífica, 2) Play for Peace - Brincando para exercer a Paz, 3) Alternatives inc., - Alternativas Pacíficas e o 4) Youth Empowerment Seminar (YES) - Seminário para dar poder à paz”, explica Scarpari. Alguns dos Resultados Alcançados: 41% DECRÉSCIMO EM AGRESSÕES E BRIGAS. 36% DECRÉSCIMO EM COMPORTAMENTO DE BULLYING. 49% DECRÉSCIMO EM RAIVA E RANCOR. 47% ACRÉSCIMO EM CARINHO E COMPORTAMENTO COOPERATIVO. 42% dos estudantes reportaram um decréscimo em estresse percebido. Segundo a diretora da Theodore Roosevelt High School, Pilar Vazquez Vilalba, o programa YES ajudou os alunos a superarem as mudanças que ocorreram na escola. Após uma diminuição no orçamento, ela teve que cortar seis grandes professores. “Incorporando o programa YES na escola foi uma forma dos alunos terem tempo para processarem as mudanças que aconteceram na vida escolar. Ajudou a ajustá-los, pois foi lhes ensinado uma maneira diferente de lidar com o estresse, o conflito, a incerteza, a instabilidade e principalmente o medo”, reforça. Vale ressaltar que os alunos chegaram a realizar um protesto devido aos cortes do corpo docente, que foi relatado e televisionado no noticiário das emissoras locais. Por Larissa Nakao Comunicação Corporativa       

Postado em 17 de Dezembro de 2018

Reuniões Sábado | 18:00
Avenida Cristóvão Colombo,833